domingo, 24 de maio de 2009

Minha carta de suicídio

****

Interessante como a esmagadora maioria dos suicidas tem, necessariamente, de deixar uma carta explanando os motivos que a levaram a realizar tal feito. Analisando por alto, creio que a carta significa algo como: "olha, eu não morri acidentalmente, nem de causas naturais, tampouco fui assassinado por alguém. Se ainda resta sombra de dúvidas, saibam que eu mesmo me matei".

É esse (a grosso modo) o objetivo da carta de adeus. Entretanto, descrever as razões que levaram a pessoa ao suicídio cabe somente ao suicida em questão. Jogar a culpa em alguém é uma boa, pois, do ponto de vista do acusado, saber que fomos culpados pela desgraça de outro, acaba por nos deixar num estado-de-espírito extremamente abalado.

Como seria minha carta de adeus? Eu, se me suicidasse, diria sem mais delongas:


"Tô de saco cheio, e a culpa é de TODOS vocês. O último que sair, apague a luz."


- Darini

Um comentário:

SuSiRo disse...

Os suicidas deviam, pelo menos, se modernizar. Em vez de deixar uma carta, por que não deixar um e-mail? Ou um scrap suicida?
Muitos dizem que os suicidas são corajosos, no entanto, são covardes, pois fogem do que não querem enfrentar.