quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Cursos de Formação de Semi-deuses

Segue notícia tirada do sítio da Universidade Estadual de Londrina:

O Conselho Universitário da UEL aprovou agora de manhã uma moção de repúdio contra a conduta de um grupo de formandos de Medicina, no último dia 20 de novembro, nos corredores do Pronto Socorro e interior do Hospital Universitário. Os alunos comemoravam o fim do internato e, segundo relatos apurados pela auditoria interna, transferiram a festa para o HU.

O reitor Wilmar Marçal oficializou hoje ao CU a suspensão da colação de grau de 14 formandos do curso identificados e a abertura de Processo Administrativo Disciplinar para averiguar fatos e todos os envolvidos. A formatura fica suspensa até a conclusão dos trabalhos da comissão, que tem 90 dias para apresentar um relatório.

A formatura dos outros estudantes (são cerca de 80) marcada para esta sexta-feira (12/12), a partir das 20h30, no Ginásio João Santana, no Centro de Educação Física e Esportes da UEL.

Coordenadoria de Comunicação Social da UEL

******************

Eu me pergunto como alguns cursos universitários parecem atrair gente (se é que podemos chamar isso de gente) que se sente acima do bem e do mal e acha-se no direito de fazer o que bem entende. Nome aos bois: Medicina, Direito e Engenharia (em sua maioria, pois nunca li uma notícia do tipo "Estudantes de Filosofia jogam matam colega afogado em festa").

Alguns serem entram nesses cursos achando que são semi-deuses. Pude ver isso na universidade em que estudei: o reitor suspendeu a colação de grau dos alunos de Direito (em 2006) depois de uma baderna feita por eles nos corredores da faculdade, e que resultou na quebra de um elevador. Será que pediram pro papai pagar a conta?

Esse é o grande problema: a criancinha mimada é tratada como um nobre pelos pais incompetentes, mas, quando sai "ao mundo", pensa que todos têm de lhe servir de mordomo... sente-se superior a todos e a tudo. Aí, esse tipo de coisa acontece: desrespeito a quem não tem nada a ver com a criação irresponsavel de um bando de marginais travestidos de médicos.

Parabéns, papais e mamães!

- Darini

3 comentários:

Rose disse...

Não se esqueça que você quase foi um engenheiro...

Mateus Fedozzi disse...

Os "médicos" da USP ou UNESP, não lembro, vieram pra Novo Horizonte, minha cidade interiorana, há dois anos, num encontro universitário...

Sabe o que aconteceu? Vidraças de todas as lojas quebradas, gente andando nua na rua e pacientes assustados no hospital (sim, os "médicos" entraram lá gritando e fazendo arruaça)...

Saíram daqui sob ordem judicial.

Gigacom disse...

Olá Darini! Estava dando uma olhada no forum e resolvi dar uma passada no seu blog para conhecer, e até o momento estou gostando muito! Parábens!
Acerca disso que você falou sobre os moleques e patricinhas que se acham... que o diga todos nós o quão ruim eles são para a sociedade!